Login
Password
Sources on this Page

> Headlines by Category

 Home / Regional / Africa

 Algeria
 
 Ethiopia
 
 Namibia
 
 Sudan
 
 Botswana
 
 Angola
 
 Kenya
 
 Nigeria
 
 Tunisia
 
 Mauritius
 
 Egypt
 
 Morocco
 
 Zimbabwe
 
 Somali
 

You are using the plain HTML view, switch to advanced view for a more complete experience.

Brasileiro Martinho da Vila regozijado por voltar a Angola
Luanda - O músico brasileiro Martinho da Vila manifestou-se hoje, em Luanda, regozijado por voltar a cantar em Angola ''numa actividade e num momento especiais'', 35 anos depois, com particular realce de rever amigos, assim como manter contacto com a cultura angolana.,

Em entrevista a jornalistas à margem de uma conferência de imprensa de apresentação do elenco musical que se vai exibir por ocasião do relançamento do projecto Kalunga II, o sambista (de 77 anos de idade), manifestou-se satisfeito por encabeçar a lista de cantores brasileiros convidados para este evento.

  

“Tenho sempre saudades de Angola, pelo que vou aproveitar esta oportunidade para rever alguns locais e amigos, em especial o escritor Artur Pestana “Pepetela”, que esteve comigo pela última vez em Novembro, em São Paulo (Brasil) ”, expressou, adiantando que o elenco em causa gravou uma música nova para apresentar na abertura da actividade.

 

A música, prosseguiu, retrata os laços de amizade e irmandade entre Angola e Brasil, assim como parte da história comum dos dois países. “Portanto, eu penso que este show vai permitir relançar o intercâmbio profissional entre artistas angolanos e brasileiros que precisam unir-se cada vez mais”, augurou.

 

Na ocasião, Martinho da Vila admitiu gostar muito de ouvir músicas angolanas cantadas nas línguas nacionais quimbundo e umbundo, motivo pelo qual fez uma versão do tema “Calumba” de Elias Dyakimuezo (o rei do semba), um facto que registou muita admiração dos brasileiros.  

 

“Confesso que não estou muito bem inteirado sobre a música angolana dos últimos tempos, porque acostumei-me a ouvir os cantores tradicionais. Pois, esta minha vinda vai possibilitar investigar um pouco mais e, quiçá, fazer algumas parcerias. Mas conheço muito bem o kuduro e até já reparti o palco com certos kuduristas no Brasil” – revelou.  

       

O conceituado músico considerou especial este momento que vem para cantar para os angolanos, por coincidir com o facto de o Brasil estar a completar 193 anos de independência (a 7 deste mês de Setembro) e a República de Angola a preparar-se para comemorar os seus 40 anos, desde que se libertou do julgo colonial português.

 

“Para todos angolanos endereço uma mensagem de luta, trabalho, perseverança, amor e crença no futuro. Eu vim aqui em Angola ainda no tempo colonial e depois passei a vir algumas vezes, e tanto é que os primeiros músicos angolanos a irem para o Brasil fui eu quem os levou” – adiantou, sublinhando que alguns amigos o tratam por Martinho da Huila.

 

O show Kalunga II acontece no dia nove deste mês, no Lookal (em Luanda), numa co-produção da Embaixada do Brasil em Angola e o Instituto de Desenvolvimento Educacional Internacional de Angola - IDEIA, marcando o ressurgimento (35 anos depois) do projecto com o mesmo nome.

 

Entretanto, além de Martinho da Vila, o evento vai contar com as exibições Elba Ramalho, Francis e Olívia Hime, Geraldo Azevedo, Mart’Nalia, Miúcha, Mariene de Castro, Nei Lopes e Yamandu Costa, que se manifestaram também orgulhosos por estarem em Angola, para a qual trazem mensagens de fé, paz e amor. 

 

,
Huíla: Defendido mais trabalho para expansão do teatro pelo interior da província
Lubango - O chefe de departamento de acção cultural e artes da representação local da cultura, Pedro Mussunda, defendeu no Lubango, a necessidade de mais trabalho para a expansão e valorização das artes cénicas pelo interior da província da Huíla, como forma de contribuir para o crescimento da cultura angolana.,

O responsável advogou tal facto, na sexta-feira, quando inaugurava a segunda edição do festival provincial de teatro universitário promovido pela Universidade Mandume Ya Ndemofayo, para saudar os 40 anos de independência nacional a assinalarem-se a 11 de Novembro próximo.

De acordo com ele, o teatro é um meio de comunicação por ser uma arte de representar em várias formas, e é inspirado em factos históricos e reais, constituindo pressupostos fundamentais para a formação cultural da população.

Pedro Mussunda destacou a importância dos fazedores da arte a apostarem na investigação profunda sobre o teatro nas comunidades, em prol da sua consolidação e aumento de valores culturais que se pretendem.

A segunda edição do festival de teatro que se realiza sob o lema: “Teatro é vida”, envolve grupos provenientes de distintas unidades orgânicas públicas e privadas sediadas nesta urbe, nomeadamente, ISPI, ISPT, UESA, ISCED, ISPH, faculdade de economia, de direito e Gregório Semedo e termina este domingo.

Venceu a edição de 2014, o grupo teatral da Faculdade de Economia da Universidade Mandume.

 

,
Germany to reject 75 000 asylum reque ...
Germany is expected to reject up to 75 000 asylum requests this year by migrants mainly from southeastern Europe.
Cyclist knocked over by truck
A male cyclist died after he was knocked over by a truck on the Tinley Manor link road, KwaZulu-Natal.
It’s 3 points or bust for Masango and ...
Forme Chiefs winger Mandla Masango has warned that Bafana can ill-afford to take lowly-ranked Mauritania lightly.
Germany to reject 75 000 asylum reque ...
Germany is expected to reject up to 75 000 asylum requests this year by migrants mainly from southeastern Europe.
Kylie: I also get affected by bullyin ...
Kylie Jenner has claimed she “sometimes can't take” the harsh words people say, leading her to “breakdown, hide and cry̶ ...
It’s 3 points or bust for Masango and ...
Forme Chiefs winger Mandla Masango has warned that Bafana can ill-afford to take lowly-ranked Mauritania lightly.
Germany to reject 75 000 asylum reque ...
Germany is expected to reject up to 75 000 asylum requests this year by migrants mainly from southeastern Europe.
Wilbroad Slaa throws spanners, Ukawa wheels untouched
The Chadema secretary-general resigned over the Lowassa choice.
Post Selected Items to:

Showing 10 items of about 140000

home  •   advertising  •   terms of service  •   privacy  •   about us  •   contact us  •   press release design by Popshop •   Official PR partner PRNews.io •   © 1999-2015 NewsKnowledge